sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Amar até o fim...



"Ora, antes de Festa da Páscoa, sabendo Jesus que era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim". João 13.1

Jesus foi até o fim! Quanto esteve entre nós assumindo a posição de Filho do Homem, não mudou seu ponto de vista em relação ao sentimento que havia em seu coração pela humanidade. Seu amor foi intenso e superou todos os obstáculos. A frieza daqueles que o perseguiam, daqueles que o humilharam e até mesmo as provações não permitiram que seu amor esfriasse. Ele definitavamente amou até o fim e até as últimas consequências. Foi firme em suas convicções!

Algo me surpreende quando reflito sobre os homens de nosso tempo. Quanta inscontância no amar! Às vezes penso que estamos desaprendendo a amar. Uma hora, amamos profundamente. Em outro momento, odiamos friamente.  Ninguém consegue mais amar até o fim. Basta uma luta, basta uma decepção e lá se vai amor. Seria o amor um estado de ânimo? Onde está aquele amor que é mais forte do que a morte?  Que amor é este que muda a todo instante?!

Há algo que tenho buscado em Deus e sempre buscarei. Peço que Ele me ensine a amar até o fim. Peço que Ele não permita que a frieza daqueles que estão à minha volta sufoquem ou enfraqueçam o amor que há em meu coração. Peço que Ele me ensine a ser fiel como Jesus foi. Peço que Ele me ensine a perdoar como Jesus perdoou. Peço que Ele me ensine a amar como Jesus amou. Que o Senhor me ensine a amar, exatamente como Ele nos amou. Pois é este amor que fará com que permaneçamos vivos diante da frieza que assola a humanidade.

"Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém, o maior destes é o amor" I Cor. 13:13

Ioná Loureiro

Um comentário:

Rita de Cassia disse...

oI, SEMPRE O AMOR...
PRª IONÁ ELE É QUE NOS SUSTENTA...BJS